Acesso

 

E-mail

esqueciSenha

Entrar

Login com o Facebook

Login com o Google

não tem uma conta?
cadastre-se

página iniciala

Anel De Ouro

Aldir Blanc

logo cifrasCifras de Anel De Ouro
Desde menino sempre sonhei
Com a ciranda em que o amor nos faz rodar:
Fragilidade de porcelana...
Testemunhei o anel de vidro se quebrar.
A duração de um verso,
Doce murmúrio
E depois dizer pra sempre adeus.
Quando eu te conheci acalentei
Sonhos tão loucos que pudessem nos salvar
Do fim e foi assim
Que em tal paixão só sosseguei
Com o anel de ouro que eu te dei.

Vivi feliz sem suspeitar
Que a ciranda em que o amor nos faz rodar
Guarda o martírio das coisas lindas,
Faz até mesmo um diamante se quebrar.
Uma palavra amarga,
Um desencanto
E depois dizer pra sempre adeus.
Quando eu te vi partir acalentei
Triste delírio em que o amor fosse evitar
O fim, mas, ai de mim,
Dessa paixão só resgatei
No prego o anel de ouro que eu te dei.

anthonytheeater

Reportar Letra Repetida | Corrigir? Letra enviada por anthonytheeater em 12/22/2009

Envie sua tradução!Traduzida para Inglês por ninguém

Envie sua tradução!Traduzida para o Espanhol por ninguém

 Reportar letra repetida Corrigir letra errada

140 caracteresO que você acha dessa música?

 

 

Músicas de Aldir Blanc

buscarNão achou?

 colabore enviandoA música não está no site?

Quem ouviu este artista

briga953briga953(62361)

de fiamaria Você sabia?

Aldir orgulha-se de ter realizado uma aspiração de garoto ao escrever essas crônicas. Sempre nutriu admiração pelos compositores que exerceram ao mesmo tempo uma atividade jornalística ou literária. Não importa se um cronista da importância de Antônio Maria, um letrista pioneiro como Orestes Barbosa ou um humorista e turfista como Haroldo Barbosa.

ver outras curiosidadesenvie uma

Wallpapers

Envie um Wallpaper de Aldir Blanc e ganhe pontos! Clique aqui. achar ver top wallpapers enviar um wallpaper

Enquete

Ganhe pontos!

outras enquetes

©2016 Petaxxon Comunicação Online