restaurar

Edificio No Meio Do Mundo

Ana Carolina

Os meus olhos cheios dágua Seu mar vazio Qual é o fio que nos une e nos separa? Eu quero seu sorriso No correr da minha hora E não falta nada pra gente ser feliz agora Só por você eu dei até o que eu não tive Há tantos que vivem, sem viver um grande amor Eu que sonhei por tanto tempo em ser livre Me prenda em seus braços É o que eu te peço Somos um barco no meio da chuva Um edifício no meio do mundo Fortes e unidos como a imensidão Um passeio no meio da rua Vamos dias e noites afora Agora podemos ver na escuridão Só por você eu dei até o que eu não tive Há tantos que vivem, sem viver um grande amor Eu que sonhei por tanto tempo em ser livre Me prenda em seus braços É o que eu te peço

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.