Imperfeito

Anderson Freire

Pai, perdoa o meu jeito de achar que sou perfeito / Vejo erro nas pessoas, e não olho meus defeitos / Justifico-me com o bem quando o mal eu pratiquei / No final, eu reconheço quando eu erro outra vez / Estou sempre declarando: “quero ser como criança” / Tenho o coração tão cheio de maldade e de vingança / Pai, perdoa o meu jeito de achar que sou perfeito / Sou tão falho pecador detalhado de defeitos Pai, meu Pai, tenho muito que mudar Pai, meu Pai, me ajude a melhorar Pai, a minha oração pode parecer tão dura / Mas essa realidade no meu peito só machuca / Não dava pra esperar, amanhã seria tarde / Te entregar meu coração é minha prioridade / Me olhando nessa hora ainda não sou perfeito / Mas eu sinto que me amas mesmo eu sendo desse jeito Obrigado por me ouvir / Não vou nem me despedir Fica aqui dentro de mim / Para nunca mais sair

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe