restaurar

Primeiro Natal

André Valadão

Um Anjo proclamou o Primeiro Natal A uns pobres pastores ao céu de Belém Lá nos campos a guardar os rebanhos do mal Numa noite tão fria e escura também Natal, Natal! (2x) É-nos nascido um Rei divinal! E de súbito no céu uma estrela surgiu No oriente brilhou um estranho fulgor E a terra percebeu essa luz que caiu Muitas noites ainda em exímio esplendor Natal, Natal! (2x) É-nos nascido um Rei divinal! Tendo visto a clara a luz dessa estrela sem par Do Oriente os pastores a foram seguir À procura de um Rei que devia chegar Aos Judeus e as velhas promessas cumprir Essa estrela apareceu e os pastores guiou Na estrada que para Belém os conduz Afinal sobre Belém essa estrela parou Mesmo acima da casa em que estava Jesus É-nos nascido um Rei divinal!