Podem Vir

Andrea Fontes

Cerca-me com muralhas de fogo Cubra-me com Teu manto de amor Vai em minha frente abrindo o caminho Derrubando as barreiras, retirando os espinhos Reinos se reúnem contra mim Meus inimigos querem ver meu fim Não entendem quem me separou e quem me escolheu Foi Deus. Não entendem que a unção de vencedor Ele me concedeu. coro Podem vir, tem escudo da fé. Podem vir, tem espada de fogo. Podem vir, tem exército armado. Podem vir, podem vir, podem vir. Podem vir, tem carruagem de fogo. Podem vir, tem milhares de anjos. Podem vir, tem Miguel o arcanjo. Podem vir, podem vir, podem vir. Quem luta por mim nunca perdeu Quem vai em minha frente é o Rei dos judeus Que não muda, não falha, não perde batalha Ele quem abate Ele quem exalta Ele quem mata e quem deixa viver O dono da vida tem todo poder Os meus inimigos vão ter que entender, que quem luta por mim tem todo poder General de guerra, Leão de Judá Ele sempre venceu e nunca perderá

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe