restaurar

Cidadão Da Mata

Baiano & Novos Caetanos

Meu rancho de palha Meu campo de malha Um rosto na talha E a chuva na cara Cidadão da mata Eu sou Cidadão da mata Eu sou A água na lata A mesa tão farta Perdido na data Achei-me na mata Cidadão da mata Eu sou Cidadão da mata Eu sou Um touro na raia Um potro na baia A gente não vai Qualquer um que caia Cidadão da mata Eu sou Cidadão da mata Eu sou Meu cão minha, minha gralha A minha pirralha Meu pão minha tralha E um velho que malha Cidadão da mata Eu sou Cidadão da mata Eu sou Meu rabo de saia Comigo na praia Mais se o dia raia A gente trabalha Cidadão da mata Eu sou Matador da vila Não sou Não sou... Amo, amo a mata. Porque nela não há preços, amo o verde que me envolve O verde sincero que me diz que a esperança, não é a ultima que morre Quem morre por ultimo é o herói E o herói, é o cabra que não teve tempo de correr...

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.