Direito De Amar

Belo

Você me diz que somos como água e vinho Que não combinamos mais Levou seu barco mar a fora e me Deixou num cais Você que veio como a brisa mar Foi que nem um furacão e derrubou meus edificios,tudo foi Ao chão Mas Quando o vento passa e Acaricia o meu rosto Desperta a sutileza do querer Sinto no meu corpo uma força que Me leva até você Surpreso eu Respeitei a sua Decisão Achei que fosse hora de calar Mas hoje eu vou abrir meu Coração E você vai ter que ouvir tudo que Eu tenho pra falar [refrão] Meu amor não sou perfeito Mas os meus defeitos eu posso Consertar Não me negue o direito de te amar Vem aqui me da um beijo Que eu te levo até o céu vou te Fazer sonhar Não me negue o direito de te amar

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe

comentário Deixe seu comentário

Máximo de 140 caracteres