Imagem de Fundo
página inicialnNenete E Dorinho

Biografia de Nenete E Dorinho

Waldemar de Franchesi, o Nenete, nasceu em Pirassununga-SP em 1919 e faleceu em 1989, vítima de uma tentativa de assalto.

Isidoro Cunha, o Dorinho (apelido carinhoso que ele tem desde a infância), nasceu em Bernardino de Campos-SP no dia 09/07/1933 (algumas biografias mencionam Piraju-SP como a cidade-natal de Dorinho, mas na verdade, Piraju-SP é a cidade onde ele foi registrado, no dia 18/10/1933).

Nenete já havia participado amadorísticamente da dupla "Nenete e Ditinho" no ano de 1943 em sua Pirassununga natal e já integrou também o "Trio Saudade", com Ninão e Nininho.
Com o "Trio Saudade", chegou a atuar na Rádio Record de São Paulo-SP, no programa "Hora dos Municípios" comandado por Genésio Arruda entre 1947 e 1955.

Nenete também atuou durante 5 anos com o nome artístico de Limeira e formou dupla com Luizinho (Luís Raymundo, nascido em São Paulo-SP em 1916 e falecido também em São Paulo-SP em 1983), tendo atuado durante um ano nos programas "Imagens do Sertão" e "Alma da Terra" na Rádio Tupi de São Paulo-SP.

Luizinho e Limeira foi a famosa dupla que gravou pela primeira vez o célebre "Menino da Porteira" (Teddy-Veira - Luizinho). É preciso ser citado que Luizinho mais tarde desfez a dupla com Limeira (que até então era o Nenete), tendo então convidado seu irmão Ivo Raymundo (nascido em São Paulo-SP em 1924) para cantar com ele, mantendo o mesmo nome de Limeira.

Em vez de continuar como dupla, no entanto, eles se juntaram à acordeonista Carmela Bonano (nascida em São Paulo-SP em 1928 e falecida em Perdizes-SP em 11/05/2003) e formaram o famoso trio Luizinho, Limeira e Zezinha . Carmela Bonano era descendente de família italiana e foi apelidada de Zezinha ainda na infância.

O nome artístico de Limeira, por sinal, já foi adotado por diversos artistas sertanejos, (inclusive o célebre compositor Sulino), provavelmente homenageando a simpática cidade de Limeira-SP, próxima a Piracicaba-SP.

Isidoro Cunha, por outro lado, desde criança, aos 8 anos de idade, já cantava e tocava cavaquinho.
Estreou como músico no ano de 1949 na Rádio Difusora de Ourinhos-SP, cantando no "Trio Bernardinense".

E, no ano de 1950, Dorinho se mudou para a Capital Paulista, tendo formado a dupla "Doro e Dorinho", a qual se apresentou durante algum tempo no programa "Mutirão do Sumaré", comandado pela dupla Brinquinho e Brioso.

A dupla "Doro e Dorinho" também foi vencedora de um concurso na Rádio Record de São Paulo-SP.
E foi no ano de 1954 que Dorinho, participando do Concurso de Violeiros do IV Centenário da Cidade de São Paulo-SP, conheceu Nenete e com ele formou a célebre Dupla Caipira "Nenete e Dorinho", que gravou o primeiro disco em 1958, com o tango "Meu Perdão" (Braz Hernandez - Zilo), e a rancheira "Teu Castigo" (Ventura Romero - Valdomiro Bariani Ortêncio). Nenete participava da Mesa do Juri nesse Festival.

Tendo se surpreendido com a voz de Dorinho e, há um ano procurando por um parceiro, Nenete convidou Dorinho para que lhe visitasse e a partir daí, nasceu a renomada dupla.

Pouco tempo depois, a dupla "Nenete e Dorinho" passou a ser acompanhada pelo famoso acordeonista Nardelli (Antônio Onofre Figueiredo), que com eles formou um trio de bastante sucesso, que deu um novo ritmo à música sertaneja e que foi levado pela professora Dulce Palma de Franceschi à Rádio Tupi, onde fizerem sua estréia como trio.

O trio "Nenete, Dorinho e Nardelli" recebeu inclusive o Troféu Roquete Pinto por seus sucessos. Foi também considerado como o trio mais premiado do Brasil pelos troféus e medalhas que recebeu em sua trajetória artística.

A quase totalidade dos discos de "Nenete, Dorinho e Nardelli" foi gravada na RCA (atual BMG), gravadora da qual em 1966 Nenete foi também nomeado produtor, cargo que ocupou até o ano de 1971, e no qual supervisionou diversas duplas que se tornaram célebres, dentre as quais Leo Canhoto e Robertinho e Belmonte e Amarai, dentre outras.

"Nenete, Dorinho e Nardelli" fizeram sucesso com composições dos próprios integrantes do trio, como foi o caso de "O Cantar Da Siriema" (Nardelli - Nenete), "Recordação" (Nenete - Goiá) (a Música cujo trecho o Apreciador ouve no momento em que acessa essa página), "A Seca Do Nordeste" (Nenete - João Pacífico), "Goiano Valente" (Nenete - Piraci), "Minha Boiada" (Nenete - Nardelli), "Saudades De Pirassununga" (Nenete - Margarida Padilha), "Flor Do Campo" (Nízio - Nenete), além de belíssimas composições de outros autores como por exemplo "Belezas Do Sertão" (João Pacífico), "Bom Exemplo" (Nonô Basílio - Piraci), "A Incruziada" (Angelino de Oliveira), "Trenzinho Malvado" (Pitangui - Carlos Armando Pascoalim), "No Mundo Da Lua" (Ângelo Reale - Capitão Furtado), "São Gonçalo" (Palmeira - Piraci), "Conselho De Amigo" (Nonô Basílio - Tito Neto) e "Maria" (Anacleto Rosas Jr. - Luís Rosas), apenas para citar algumas.

Nenete e Dorinho gravaram na RCA (hoje BMG) por 16 anos e gravaram ainda mais 3 discos na Continental (hoje Warner) tendo sido ao todo um total de 20 LPs e mais de 30 discos 78 RPM. Após gravar mais um disco na Copacabana, Nenete resolveu parar com o trabalho por motivos de saúde.
Dorinho e Nardelli formaram então, juntamente com Reinaldo Benediti (o Maracá) o trio "Maracá, Dorinho e Nardelli", trio esse que gravou mais dois LP's. E, por motivos particulares, Nardelli deixou o trio em 1970 e foi substituído pelo Ponteli (João Pontel, nascido em Olímpia-SP no dia 22/06/1938). O novo trio gravou então mais dois discos pela Phillips (hoje Universal) e encerrou as atividades em 1975.

Dorinho se casou com Iara Benedeti Cunha (nascida em Campinas-SP em 1958), filha de Maracá e, a partir de então, passaram a cantar juntos.

E, em 1989, ocorreu o trágico falecimento de Nenete, conforme já foi mencionado.
No ano de 1994, Dorinho e Iara se profissionalizaram e convidaram o acordeonista João Pontel, o Ponteli, para fazer parte do novo trio que acabava de nascer: "Dorinho, Iara e Ponteli", conhecido carinhosamente como sendo "Um Trio de Ouro".

O trio "Dorinho, Iara e Ponteli" já gravou quatro CDs (sendo um deles no "sistema dose dupla").

 Corrigir Biografia

Nenete E Dorinho Letras

Quem ouviu este artista

fiamariafiamaria(88606)

de Ronalves Você sabia?

Infelizmente Dorinho faleceu ontem dia 08/10/2011 na cidade de Campinas, para a tristeza da musica sertaneja.

ver outras curiosidadesenvie uma

Biografia

Sem Foto Waldemar de Franchesi, o Nenete, nasceu em Pirassununga-SP em 1919 e faleceu em 1989, vítima de uma tentativa de assalto. Isidoro Cunha, o Dorinho (apelido carinhoso que ele tem desde a infância), nasceu em Bernardino de Campos-SP no dia 09/07/19...

ver biografia completa

Wallpapers

Envie um Wallpaper de Nenete E Dorinho e ganhe pontos! Clique aqui. achar ver top wallpapers enviar um wallpaper

Enquete

Ganhe pontos!

outras enquetes

Atualizações

bia_bsbbia_bsb se cadastrou no site

Lara2015Lara2015 se cadastrou no site

MaitezinhaMaitezinha se cadastrou no site

minhabebeminhabebe se cadastrou no site

FRANVALFRANVAL se cadastrou no site

Fran_DiasgomesFran_Diasgomes se cadastrou no site

Beto_nowBeto_now se cadastrou no site

metulianaedumetulianaedu comentou a música Dios Háblame de Barak

metulianaedumetulianaedu se cadastrou no site

Thuthu8Thuthu8 se cadastrou no site

ronerone enviou a legenda da música Sol da Meia Noite de Rosa De Saron

Alice111Alice111 se cadastrou no site

ronerone enviou a legenda da música Minha Triste Imperfeição de Rosa De Saron

ronerone enviou a legenda da música Metade De Mim de Rosa De Saron

ronerone enviou a legenda da música Máquina do Tempo de Rosa De Saron

LollipopLollipop enviou a legenda da música Gentleman de Kim HyunJoong

lala_fofinhalala_fofinha se cadastrou no site

LilianWitchLilianWitch tem uma nova foto na galeria.

LilianWitchLilianWitch tem uma nova foto na galeria.

elielgvselielgvs enviou um recado para o fã-clube de Gaby Amarantos

cadastre-se