Anjo Loiro

Bruno e Marrone

Na rua onde ela mora Na tábua do seu portão Desenhei o nosso nome Dentro de um coração Declarei meus sentimentos E quem passar por aqui Vai saber quem é o dono Do amor que mora ali É um anjo loiro Dos cabelos cacheados Um metro e setenta e cinco Meu pedaço de pecado É uma paixão Que rasga o peito pelo avesso Trinta e cinco de cintura Cem por cento que eu conheço Ai, esse amor me mata A saudade dói, solidão corrói A paixão maltrata Ai, entrou no meu peito Feito um passarinho, fez o seu Ninho E não tem mais jeito E quem estiver pensando Que vai roubá-la de mim Tire o cavalo da chuva Vai pastar noutro capim Esse coração é meu Com papel ou sem papel Sou abelha, ela é flor Eu sou o favo, ela é o mel

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe