restaurar

José Augusto

Calcinha Preta

Não sei o que lhe aconteceu, só dei Que fui traída e não gostei, porquê, Logo comigo que te amava, lhe dava Abrigo e te esperava, na cama deitada Só pra amar. Não, não dar, traição não não Faça isso com meu coração, que te Deu amor, paixão e calor. Não não Dar, não aceito não, eu sou frágil e Sem você, eu morro de paixão. Eu tão linda e pronta para te amar Aflita te esperando, pra brincar de Amar, e você consegue me deixar, na Noite onde o desejo, esta pra lá, De estourar, não não dar. Não não dar, traição não, não faça isso com meu coração, que te deu amor, paixão e calor não não dar, não aceito não, ser traída por quem eu mais amava, que decepção. R.G: 08306650 05