restaurar

a Colheita Além

Cantor Cristão

Cai a semente no bom frescor, É semeada, sim, no calor, É semeada na viração, É semeada na escuridão. Sobre os rochedos irá murchar, Ou nas estradas se esperdiçar, Entre os espinhos vai se perder, Ou nas campinas há de crescer. Há sementeira, pois, de amargor, Há de remorso e de negro horror, Há de vergonha e de confusão, Há de miséria e de perdição. Vale-me tu, grande Semeador! Faz prosperar todo o meu labor: Quero servir-te, meu Rei Jesus, Quero contigo ceifar em luz. Oh, qual há de ser, além, A ceifa do mal ou bem? Sempre lançada com força ou langor, Com ousadia, com medo e tremor, Já, ou nos dias do certo porvir, Messe bendita e gloriosa tem de vir!

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.