restaurar

Camila Camila

Capital Inicial

Depois da última noite de festa Chorando e esperando amanhecer, amanhecer. As coisas aconteciam Com alguma explicação, com alguma explicação. Depois da última noite de chuva, Chorando e esperando amanhecer, amanhecer. As vezes peço a ele que vá embora Que vá embora. [refrão] Camila, Camila Camila, Camila E eu que tenho medo até de suas mãos, Mas o ódio cega e você não percebe. Mas o ódio cega. E eu que tenho medo até do seu olhar, Mas o ódio cega e você não percebe. Mas o ódio cega. A lembrança do silêncio daquelas tardes. Da vergonha do espelho, naquelas marcas. Havia algo de insano naqueles olhos. Olhos insanos. Os olhos que passavam o dia a me vigiar. A me vigiar. E eu que tinha apenas 17 anos. Baixava minha cabeça pra tudo. Era assim que as coisas aconteciam. Era assim que eu via tudo acontecer. E eu que tinha apenas 17 anos. Baixava minha cabeça pra tudo. Era assim que as coisas aconteciam. Era assim que eu via tudo acontecer. [refrão]

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.