restaurar

Mais

Capital Inicial

Álbum: Mais

Compositor:Dinho Ouro Preto/Kiko Zambianchi/Alvin L

É sempre frio É tão estranho Podia ser perfeito, mas foi quebrado Caindo no vazio Do lado errado Não há nada que eu possa fazer A não ser sair sem destino Cantando o novo hino dos descontentes Eu sempre quero mais que ontem Eu sempre quero mais que hoje Eu sempre quero mais do que eu posso ter Agora é cinza Imprevisível Podia ser pior e remendado É impossível Descontrolado Não há nada que eu queira dizer A não ser: "Não saia sem destino Cantando o novo hino dos descontentes" Eu sempre quero mais que ontem Eu sempre quero mais que hoje Eu sempre quero mais do que eu posso ter Mais do que palavras Mais do que promessas Mais do que o mundo pode me dar Eu quero sempre mais que ontem Eu quero sempre mais que hoje Eu quero sempre mais do que eu posso ter Eu sempre quero mais que ontem Eu sempre quero mais que hoje Eu sempre quero mais do que eu posso ter

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.