La Bohème

Charles Aznavour

Álbum: La Bohème

Compositor:note: Reprise Muriel Robin, Charles Aznavour dans l'album "Dernière édition avant l'an 2000" des Enfoirés

A Boêmia Canções : Jacques Plante. Música : Charles Aznavour. 1965 Eu lhes falo de um tempo Que os menores de vinte anos Não podem saber Montmartre naquele tempo Colocava seus lilás Até sob nossas janelas E se o humilde quarto mobiliado Que nos serviu de ninho Não tinha um boa cara Foi lá que a gente se conheceu Eu que chorava miséria E você que posava nua A boêmia, a boêmia, Isso queria dizer: a gente é feliz A boêmia, a boêmia, Nós só comíamos um dia em dois Nos cafés vizinhos Nós éramos alguns Que esperávamos a glória E apesar da miséria Com o estômago oco Nós não deixamos de crer na glória E quando, em alguma taverna Com uma boa comida quente Nós pegávamos uma tela Nós recitávamos versos Juntos ao redor do aquecedor Esquecendo do inverno A boêmia, a boêmia Isso queria dizer: você é bonita A boêmia, a boêmia E nós tínhamos idéas geniais Freqüentemente me acontecia Diante do meu cavalete Passar noites brancas Retocando o desenho Da linha de um seio Da curva de um quadril E isto só pela manhã A gente se sentava finalmente Antes de um café com creme Esgotados mas deliciados Era preciso que a gente se amasse E que amasse a vida A boêmia, a boêmia Isso queria dizer: a gente tem vinte anos A boêmia, a boêmia E nós vivíamos do ar do tempo Qualquer dia desses Eu farei um passeio Ao meu antigo endereço Eu não o reconheço mais Nem as paredes, nem as ruas Que viram minha juventude E do alto de um escadaria Eu procuro o atelier Que não existe mais Em sua nova decoração Montmartre parece triste E os lilás morreram A boêmia, a bêemia A gente era jovem, a gente era louco A boêmia, a boêmia Isso não quer dizer absolutamente nada

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe

comentário Deixe seu comentário

Máximo de 140 caracteres