restaurar

a Televisão

Chico Buarque

Compositor:Chico Buarque

O homem da rua Fica só por teimosia Não encontra companhia Mas pra casa não vai não Em casa a roda Já mudou, que a moda muda A roda é triste, a roda é muda Em volta lá da televisão No céu a lua surge grande e muito proas Dá uma volta graciosa pra chamar as atenções O homem da rua Que da lua está distante Por ser nego bem-falante Fala só com seus botões O homem da rua Com seu tamborim calado Já pode esperar sentado Sua escola não vem não A sua gente Está aprendendo humildemente um batuque diferente Que vem lá da televisão No céu a lua que não estava no programa Cheia e nua, chega e chama pra mostrar evoluções O homem da rua Não percebe o seu chamego E por falta doutro nego samba só com seus botões Os namorados Já dispensam seu namoro Quem quer riso, quem quer choro Não faz mais esforço não e a própria vida Ainda vai sentar sentida vendo a vida mais vivida Que vem lá da televisão O homem da rua Por ser nego conformado Deixa a lua ali de lado e vai ligar os seus botões No céu a lua encabulada e já minguando numa nuvem se ocultando Vai de volta pros sertões

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.