restaurar

Mar E Lua

Chico Buarque

Álbum: Mar E Lua

Compositor:Chico Buarque

Amaram um amor urgente As bocas salgadas pela maresia as costas lanhadas pela tempestade Naquela cidade distante do mar Amaram o amor serenado das noturnas praias levantavam as saias e se enluaravam de felicidade naquela cidade que não tem luar Amavam um amor proibido pois hoje é sabido Todo mundo conta que uma andava tonta grávida de lua e outra andava nua ávida de mar E foram ficando marcadas ouvindo risadas sentindo arrepios olhando pro rio tão cheio de lua e que continua correndo pro mar E foram correnteza abaixo rolando no leito engolindo água, boiando com as algas arrastando folhas, carregando flores e a se desmanchar E foram virando peixes, virando conchas virando seixos, virando areia prateada areia com lua cheia e à beira mar

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.