restaurar

Meu Caro Barão

Chico Buarque

Compositor:Chico Buarque

Onde quer que esteja Meu caro Barão São Brás o proteja O santo dos ladrão Tava na faxina Do seu caminhão Vi essa maquina De escrever no chão Escovei a nega Lavei com sabão Deu uma cocega Nos calo da mão Pronto Ponto Tracinho, tração Linha Margem Meu caro Ba... Vire a pagina Continuação Ai, essa maquina Tá que tá que é bão Como eu lhe dizia Meu caro Barão A sua ausência É uma sensação O circo lotado Cidade e sertão Domingo, sabado Inverno e verão Pronto Ponto De exclamação Linha Margem Meu caro Barão Tem gargalhada Tem sim senhor Tem muita estrada Tem muita dor Venha, Excelência Nos visitar Estamos sempre Noutro lugar Dizem que virgula Aspas, travessão Coisa ridicula Dizem que o Barão Que o Barão, meu caro Tinha a faca, o pão O queijo e os passaros Voando e na mão Pois eu tenho ouvido Que o pobretão Tá magro, palido Sem ocupação Pronto Ponto De interrogação Linha Margem Meu caro Barão Venha, Excelência Nos visitar A casa é sempre De quem chegar Se a senhoria Vem pra ficar Basta algum dia Se preparar Pra rodar com a gente Pra fazer serão Pra ficar contente Comer macarrão Pra pregar sarrafo Pra lavar leão Pra datilografo Bilheteiro, não Pra fazer faxina Nesse caminhão Cuidar da maquina E não ser mais Barão Linha Margem Etcétera e tal Pronto Ponto E ponto final

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.