Acesso

 

E-mail

esqueciSenha

Entrar

Login com o Facebook

Login com o Google

não tem uma conta?
cadastre-se

página inicialc

Um Chorinho

Chico Buarque

logo cifrasCifras de Um Chorinho
Ai, o meu amor, a sua dor, a nossa vida
Já não cabem na batida Do meu pobre cavaquinho
Ai, quem me dera Pelo menos um momento
Juntar todo sofrimento Pra botar nesse chorinho
Quem me dera ter um choro de alto porte
Pra cantar com a voz bem forte E anunciar a luz do dia
Mas quem sou eu Pra cantar alto assim na praça
Se vem dia, dia passa E a praça fica mais vazia
Vem, morena, Não me despreza mais, não
Meu choro é coisa pequena Mas roubado a duras penas
Do coração
Meu chorinho Não é uma solução
Enquanto eu cantar sozinho
Quem cruzar o meu caminho, não pára não
Mas eu insisto E quem quiser que me compreenda
Até que alguma luz acenda, este meu canto continua
Junto meu canto a cada pranto, a cada choro
Até que alguém me faça coro pra cantar na rua
Junto meu canto a cada pranto, a cada choro
Até que alguém me faça coro pra cantar na rua

anonimo

Reportar Letra Repetida | Corrigir? Letra enviada por anonimo em 12/12/2008

Ver Tradução Traduzida para Inglês por Gab126 em 5/27/2011

Envie sua tradução!Traduzida para o Espanhol por ninguém

 Reportar letra repetida Corrigir letra errada

140 caracteresO que você acha dessa música?

 

 

Músicas de Chico Buarque

buscarNão achou?

 colabore enviandoA música não está no site?

Quem ouviu este artista

Gab126Gab126(262248)

de cileno Você sabia?

"Você não gosta de mim, mas sua filha gosta". Muitos acham que esta letra foi feita para o General Geisel, entretanto a verdade é que o Chico saindo de um elevador no centro do Rio ouviu do ascensorista o comentário de que não gostava do Chico Buarque, mas que sua filha o adorava, sem saber que o Chico estava presente.

ver outras curiosidadesenvie uma

Enquete

Ganhe pontos!

outras enquetes

©2016 Petaxxon Comunicação Online