O Pobretão

Cristiano Neves

Que pena! Que eu não possa ser O namorado rico Que você quer ter Dou um duro danado Prá ganhar o pão E não tenho um tustão... Que pena! Que eu não posso dar O anel de brilhantes Que te faz sonhar A minha bicicleta É o meu carrão Eu sou um pobretão.. Mas se você quiser Ganhar um grande amor Prometo a minha vida Toda prá voce Eu juro ser sincero No riso e na dor Enquanto a gente viver... Eu quero trabalhar E me esforçar bastante Prá ficar a altura Da sua ambição Mas hoje posso te dar O meu coração Mas hoje posso te dar O meu coração... Que pena! Que eu não possa ser O namorado rico Que você quer ter Dou um duro danado Prá ganhar o pão E não tenho um tustão... Que pena! Que eu não posso dar O anel de brilhantes Que te faz sonhar A minha bicicleta É o meu carrão Eu sou um pobretão.. Mas se você quiser Ganhar um grande amor Prometo a minha vida Toda prá voce Eu juro ser sincero No riso e na dor Enquanto a gente viver... Eu quero trabalhar E me esforçar bastante Prá ficar a altura Da sua ambição Mas hoje posso te dar O meu coração Mas hoje posso te dar O meu coração...

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe

comentário Deixe seu comentário

Máximo de 140 caracteres