restaurar

Amiga

Daniel

Você não aceita que eu Te chame de amor Diz que não sente nada por mim Pra eu entender Que é coisa da minha cabeça Que é tudo ilusão Mas na madrugada, na solidão, Liga me dizendo preciso te ver E quando me encontra Seus olhos brilham demais Incrível, mas sinto que em mim Encontras a paz Por mais que você queira ser Só a minha amiga, Seus olhos te traem, Aos poucos te obrigam A admitir que existe algo mais Refrão Amiga não beija assim Me abraçando me envolvendo Amiga não fica ofegante Amiga não fica tremendo Amiga não fica boba, Quando recebe uma flor, Amiga não é desse jeito Amiga não faz amor

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.