Oleiro

Diante do Trono

Estou aqui mais uma vez pra pedir Renova-me, Senhor Não preciso mentir Diante de Ti tudo em mim se revela Vejo o Teu olhar me iluminar Afastando toda treva Sinto o Teu soprar me refrigerar E me dar outra vez, mais uma vez Um novo fôlego de vida Preciso de Ti. dependo de Ti Só Tua graça Senhor, me sustenta É melhor que a vida Me rendo a Ti, trabalha em mim Como o oleiro que não desiste do barro até ver o vaso terminado Aquele que começou a boa obra em mim É fiel pra completá-la até o fim Eu quero ser, Senhor amado Como o vaso nas mãos do oleiro Quebra a minha vida e faze-a de novo Eu quero ser, eu quero ser um vaso novo Como Tu queres Senhor sou Teu Tu és oleiro, barro sou eu Quebra e transforma Até que enfim Tua vontade se cumpra em mim Me rendo a Ti, trabalha em mim Como o oleiro que não desiste do barro até ver um vaso novo

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe

comentário Deixe seu comentário

Máximo de 140 caracteres