restaurar

Todo Mundo Admira

Exaltasamba

De frente, de frente, de frente, de frente, de frente, de frente De costas, de costas, de costas, de costas, de costas, de costas Olhando assim de repente Tem gente que naum dá valor Mais a face oculta da moça É um esplendor Não é mole não seu doutor Todo mundo admira Ela é envolvente Batendo de frente Mais quando ela vira Mata a gente Mata a gente de amor e paixão Pode crer meu irmão Vi malandro cair E o mundo de pernas pro ar Faz o dólar baixar E o real subir Solteiro viúvo seguiu sua trilha É pai de família na alça de mira,é Mata a gente de raiva e bobeira Sambando levanta a poeira do chão Faz virar todo mundo o pescoço Seja velho ou moço, polícia e ladrão Pode ser desquitado ou divorciado Noivo ou namorado Todo mundo atira, é

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.