restaurar

Quando Penso Em Você

Fagner

Quando penso em você fecho os olhos de saudade. Tenho tido muita coisa, menos a felicidade. Correm os meus dedos longos em versos tristes que invento Nem aquilo a que me entrego já me dá contentamento Pode ser até manhã sendo claro feito dia, mas nada do que me dizem me faz sentir alegria. Eu só queria ter do mato um gosto de framboesa, pra correr entre os canteiros e esconder minha tristeza. Eu ainda sou bem moço pra tanta tristeza e deixemos de coisa cuidemos da vida, pois se não chega à morte ou coisa parecida, e nos arrasta moço sem ter visto a vida. Eu só queria ter do mato um gosto de framboesa, pra correr entre os canteiros e esconder minha tristeza, Eu ainda sou bem moço pra tanta tristeza, deixemos coisa cuidemos da vida, pois se não chega à morte ou coisa parecida e nos arrasta moço sem ter visto a. Vida

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.