restaurar

Quando O Crente Ora

Francisco Bezerra

Se alguém enviasse um foguete Ao trono de Jeová Por mais veloz que ele fosse Nem em dez mil anos chegaria lá Mas quando um crente dobra os Seus joelhos Buscando a Deus em oração Ele nem ainda parou de orar E o anjo já vem com a resposta Nas mãos (coro) Como tem valor a oração de um Justo Como Deus opera quando ele ora Não existe problema que Deus não Resolva Quando um crente dobra seus Joelhos e chora O mar agitado logo se acalma O mal não resiste logo vai embora O inimigo pega sua mala e se Manda Quando um crente dobra seus Joelhos e chora Deus mandou o rei Ezequias Sua casa em ordem colocar Porque naquele mesmo dia A morte vinha lhe buscar Como ele era justo e fiel Chorando a Deus clamou Na mesma hora foi atendido E mais quinze anos Deus lhe Acrescentou Um dia no monte Carmelo Vejam só o que aconteceu Quase novecentos homens Lutavam contra o homem de Deus O profeta não se intimidou Olhou para o céu e pôs a clamar O fogo desceu consumindo o Holocausto E até a água em volta do altar.