restaurar

O Véio É Um Terror

Gaucho da Fronteira

Xote Já me chamaram de veio, mas eu fiz que não ouvi Com a experiência que eu tenho muita coisa eu ouvi De tanto passar trabalho por fora eu envelheci Mas por dentro to novinho, forte que nem um guri. Não sou bonito, mas sobra mulher pra mim A prenda que me namora sempre sai dizendo assim É um terror, esse velho é um terror O velhão é garanhão, bonitão e dançador. É um terror, esse velho é um terror Além de dançar bastante entende tudo de amor. Quando chego num fandango passo a noite de retoco No meio da mulherada botando ciúme nos moço Por fora eu aparento ser um velhinho gaga Por dentro sou bem durinho,mas cheio de amor pra dar. Não sou bonito, mas sobra mulher pra mim E a prenda que me namora sempre sai dizendo assim: No embalo de xô-xote nunca vi tanta energia Passo a noite de retoco lá no meio das gurias Só se ouve o comentário que esse velhinho é demais Caco velho faz as coisas que muito guri não faz. Não sou bonito, mas sobra mulher pra mim E a prenda que me namora sempre sai dizendo assim: