restaurar

Refavela

Gilberto Gil

Álbum: Refavela

AIaiá, kiriê Kiriê, iaiá A refavela Revela aquela Que desce o morro e vem transar O ambiente Efervescente De uma cidade a cintilar A refavela Revela o salto Que o preto pobre tenta dar Quando se arranca Do seu barraco Prum bloco do BNH A refavela, a refavela, ó Como é tão bela, como é tão bela, ó A refavela Revela a escola De samba paradoxal Brasileirinho Pelo sotaque Mas de língua internacional A refavela Revela o passo Com que caminha a geração Do black jovem Do black-Rio Da nova dança no salão Iaiá, kiriê Kiriê, iaiá A refavela Revela o choque Entre a favela-inferno e o céu Baby-blue-rock Sobre a cabeça De um povo-chocolate-e-mel A refavela Revela o sonho De minha alma, meu coração De minha gente Minha semente Preta Maria, Zé, João A refavela, a refavela, ó Como é tão bela, como é tão bela, ó A refavela Alegoria Elegia, alegria e dor Rico brinquedo De samba-enredo Sobre medo, segredo e amor A refavela Batuque puro De samba duro de marfim Marfim da costa De uma Nigéria Miséria, roupa de cetim Iaiá, kiriê Kiriê, iáiá.

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.