restaurar

Nós Somos Todos Iguais

Gildo de Freitas

Delicado eu sempre fui pra quem tem boa fé Tenho ganhado questões, só Deus sabe como é A verdade é minha capa Também nunca dei um tapa que o índio ficasse em pé. E pra ser autoridade, é preciso ter respeito E também não se assustar com o roupante do sujeito Eu não carrego bagagem E o homem que tem coragem a morrer é mais atreito. E eu terminava dançando e a china achando graça Eu acho que preto e branco são feitos da mesma massa Hoje é mansa a mocidade Existe a facilidade pra fazer cruza de raça. Hoje o preto e o moço branco tem o viver mais perfeito Estudam na mesma aula, não existe o preconceito Hoje sem haver vexame Passa pelo mesmo exame se formam do mesmo jeito.