Jeito Caipira

Gino e Geno

Mulher pra me ganhar, ela tem que gostar do meu jeito caipira Não mexer na muringa onde eu guardo minha pinga com sucupira Quando eu chegar do mato, catar carrapato em meu corpo cansado Não fazer enjoeiro quando sentir cheiro de bosta de gado Refrão Eu quero uma mulher que ainda reze com fé um um pai nosso perfeito Eu não sou primitivo, é que eu acho que eu vivo melhor desse jeito Eu quero uma mulher que ainda coe o café num coador de pano Que vergonha não tenha de um fogão à lenha, o teto enfumaçando Não precisa saber de tudo fazer, mas de duas coisas não abro De noite o prazer e de dia fazer um franguinho com quiabo Refrão 1x Você pode pensar que eu não vou me casar, que essa coisa não vira Que eu não vou encontrar uma mulher pra aceitar o meu jeito caipira Quer saber o que eu acho? Se não for nos braços de uma mulher Uma coisa consola: o braço da viola, a viola me quer

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe