restaurar

O Voo da Andorinha

Goiano e Paranaense

Tem sido uma barra pesada Vivendo sozinho aqui nesta casa; A minha formosa andorinha Me disse adeus e bateu suas asas. Foi triste a sua partida Para suportar precisei ser forte A andorinha voou para o sul Deixou quem te ama chorando no norte. Andorinha prometeu voltar Antes da chegada do cruel inverno Porém ele não voltou E o meu sofrimento tem sido eterno. Andorinha em forma de mulher Te dei liberdade pra voce voar Alguém falou que te viu Voando no estado do Paraná. Por causa de um tombo de amor As suas asas estão machucadas Talvez foi esta razão Que ela não voltou a velha morada.