Acesso

 

E-mail

esqueciSenha

Entrar

Login com o Facebook

Login com o Google

não tem uma conta?
cadastre-se

página iniciali

Bum Bum Paticumbum Prugurundum

Império Serrano (RJ)

logo cifrasCifras de Bum Bum Paticumbum Prugurundum
Bumbum paticumbum prugurundum, o nosso
samba minha gente é isso aí, é isso aí
Bumbum paticumbum prugurundum, contagiando
a Marquês de Sapucaí (Eu enfeitei )

En...fei...tei meu coração (enfeitei meu coração )
de confete e serpentina
Minha mente se fez menina
num mundo de recordação
Abracei a coroa imperial, fiz meu carnaval,
extravasando toda a minha emoção
Óh, praça onze, tu és imortal, teus
braços embalaram o samba, a
sua apoteose é triunfal
De uma barrica se fez uma cuíca,de
outra barrica um surdo demarcação

Com reco-reco, pandeiro e tamborim, e lindas
baianas o samba ficou assim
Com reco-reco, pandeiro e tamborim, e lindas
baianas o samba ficou assim

E passo a passo no compasso o samba cresceu,
Na Candelária construiu seu apogeu, as
burrinhas, que imagem, para os olhos um prazer
Pedem passagem, pros moleques de Debret,
as afri...canas,
que quadro original
Iemanjá, Iemanjá, enriquecendo o
visual( Vem meu amor)

Vem, meu amor, manda a tristeza
embora, é carnaval,a folia, neste
dia ninguém chora

Vem, meu amor, manda a tristeza
embora, é carnaval, a folia, neste
dia ninguém chora

Super Escolas de Samba S/A
Super-alegorias
Escondendo gente bamba
Que covardia!

anonimo

Reportar Letra Repetida | Corrigir? Letra enviada por anonimo em 12/16/2008

Envie sua tradução!Traduzida para Inglês por ninguém

Ver Tradução Traduzida para o Espanhol por DagRos em 7/26/2012

 Reportar letra repetida Corrigir letra errada

140 caracteresO que você acha dessa música?

 

 

Músicas de Império Serrano (RJ)

buscarNão achou?

 colabore enviandoA música não está no site?

Quem ouviu este artista

DagRosDagRos(227466)

de santosclair Você sabia?

No carnaval da Império Serrano de 1972, "Alô, Alô, Tai Carmem Miranda" a Escola do saudoso Mestre Fuleiro chegou com suas alegorias praticamente nuas na concentração, deixando os componentes da Escola da Serrinha, tristes e preocupados. De repente, Fernando Pinto, o carnavalesco, foi montando folhagens, bichos, coqueiros que estavam embrulhados em plásticos, transformando os esqueletos das alegorias em uma deslumbrante e linda floresta. Era o gênio de Fernando Pinto que começava despontar. A Escola de Samba Império Serrano foi Campeã com um carnaval que ninguém se esqueceu até hoje.

ver outras curiosidadesenvie uma

Wallpapers

Envie um Wallpaper de Império Serrano (RJ) e ganhe pontos! Clique aqui. achar ver top wallpapers enviar um wallpaper

Enquete

Ganhe pontos!

outras enquetes

©2016 Petaxxon Comunicação Online