Acesso

 

E-mail

esqueciSenha

Entrar

Login com o Facebook

Login com o Google

não tem uma conta?
cadastre-se

página inicialj

Terno Branco

Joao Nogueira

logo cifrasCifras de Terno Branco
Vesti meu terno branco de domingo
Lenço de seda no pescoço
E com ar de bom moço
O morro eu desci
Botei meu cavaquinho a disposição
Da poesia, pois há tempos queria
Sentir no meu peito
Tamanha emoção

O ar da noite me inspirou
Quando a lua bem alto pintou
Uma dor ca no peito me fez refletir
Que eu malandro de direito e de fato
Acostumado a sorrir do fracasso
Me rendi a beleza de uns olhos azuis

Hoje eu volto pro morro
Com a minha canção
E a dona da cidade no meu coração
Até quando algum dia ela volte a me olhar
Meus versos, guardei na gaveta da minha memória
Quem sabe algum dia eu passe pra historia

arturreis@terra.com.br
Laureado poeta popular


arturei

Reportar Letra Repetida | Corrigir? Letra enviada por arturei em 11/13/2009

Envie sua tradução!Traduzida para Inglês por ninguém

Ver Tradução Traduzida para o Espanhol por vinkler em 5/1/2011

 Reportar letra repetida Corrigir letra errada

140 caracteresO que você acha dessa música?

 

 

Músicas de Joao Nogueira

buscarNão achou?

 colabore enviandoA música não está no site?

Quem ouviu este artista

vinklervinkler(77975)

de Elizabeth Você sabia?

Morador do bairro do Meyer, aos 17 anos João Nogueira passou a frequentar o bloco carnavalesco Labareda do Meyer, do qual chegou a ser diretor.

ver outras curiosidadesenvie uma

Wallpapers

Envie um Wallpaper de Joao Nogueira e ganhe pontos! Clique aqui. achar ver top wallpapers enviar um wallpaper

Enquete

Ganhe pontos!

outras enquetes

©2016 Petaxxon Comunicação Online