restaurar

De Igual Prá Igual

José Augusto

Álbum: De Igual Pra Igual

Compositor:Roberta Miranda/Matogrosso

Você mentiu Quando jurava prá mim fidelidade Fui apenas um escravo da maldade Você quis, você lutou e conseguiu Você feriu sentimentos que a ti eu dediquei Quantas vezes o seu pranto eu enxuguei Por pensar que era por mim que chorava Você fingiu Você brincou com a minha sensibilidade É o fim do nosso caso na verdade Só nos restam recordações Não toque em mim Pois eu descobri que você não é nada Não podemos seguir juntos nessa estrada É o fim do amor sincero que eu senti Mais aprendi Fazer amor prá te ferir sem sentir nada Enquanto eu amava você me enganava De igual prá igual Quem sabe a gente pode ser feliz

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.