Cachorro Que Enjeita Osso

José Fortuna

pagode (José Fortuna - Joldemar Tavares/ grav. Zé Fortuna e Pitangueira) A mulher tá dando bola e só você não reage de longe fica disposto de perto perde a coragem ela passa e dá um sinal e você faz que não vê um dia ela desiste quem vai sobrar é você. Não se esqueça, meu amigo, ditado certo é aquele. Cachorro que enjeita osso: pau nele! Na hora de dar o adeus ela aperta a sua mão mas você fica sem jeito não sabe se aperta ou não ela manda um bilhetinho pra se encontrar logo mais mas você fica indeciso não sabe se fica ou vai. Não se esqueça, meu amigo, ditado certo é aquele Cachorro que enjeita osso: pau nele! Ela vem puxar conversa você sente a perna frouxa quer responder mas gagueja fica com cara de trouxa ela passa e pisca um olho e você num gesto infame acaba piscando os dois dando aquele vexame. Não se esqueça, meu amigo, ditado certo é aquele Cachorro que enjeita osso: pau nele! Você diz que não reage de medo de dar um fora vai firme, mesmo que apanhe, pancada só dói na hora porque a mocidade passa e quando ficar feio ela lhe dá um pontapé e te bota pra escanteio.

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe

comentário Deixe seu comentário

Máximo de 140 caracteres