Por Jerusalém

Lauriete

"Cada vez que eu penso na crucificação de Cristo Me vem a imaginação uma cena cruel: Um homem sem pecado Um Deus que desceu pra salvar seu povo Sendo levado pra fora da cidade Caminhando rumo ao calvário Quem sabe Jesus olhando para trás e diz: Ah Jerusalém, Jerusalém! Ah Se tu soubesses que Eu vim pra te reconciliar com o Pai, Mas destes as costas pra mim. Ah se tu soubesses que eu desci pra te curar, mas você não quiseste me ouvir. Ah Jerusalém, Jerusalém que matas os profetas E apedrejam aqueles que lhes são enviados! Quantas vezes eu quis ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta teus filhos, como a galinha ajunta seus pintinhos debaixo de suas asas! Mas tu não o quisestes!” [Hino] Quantas vezes eu quis te ajudar, Mas você não quis minha voz ouvir Muitas vezes tentei te avisar, Mas virastes as costas pra mim Tantas vezes chorei por você, Entreguei minha vida na cruz Em minhas mãos trago as marcas da dor Eu te amo, o meu nome é Jesus! Por Jerusalém, meu sangue verti Por Jerusalém, eu tanto sofri Por Jerusalém, fui levado à cruz Por Jerusalém... Por Jerusalém, seu sangue verteu Por Jerusalém, ele tanto sofreu Por Jerusalém, foi levado à cruz Por Jerusalém... Jerusalém...

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe