restaurar

O Rico E O Pobre

Leôncio e Leonel

Mulher de rico é madame Mulher de pobre é fulana O rico nunca vai preso Pobre está sempre em cana Cadeia é só pra pobre Nela não entra bacana Bóia de pobre é pesada Ceia de rico é de bicana Almoço de rico é frango De pobre é pão com banana Vida de rico é alegre Vida de pobre é sem graça Rolo de rico é negócio Rolo de pobre é trapaça Pastel de rico tem carne Do pobre é só vento e massa Bagunça de rico é festa Festa de pobre é ruaça Coberta de rico é lã Do pobre é fogo e cachaça Pobre bebe de desgosto Rico bebe de contente Só na hora que tropeça É que pobre vai pra frente Pobre nasce pra lutar Rico nasce inteligente Quando pobre come carne Surpresa pra muita gente Ou o pobre tá de cana Ou o frango tá doente O rico segue o luxo Do nosso mundo moderno Tem sempre bom guarda roupa Pro verão e pro inverno O pobre anda na tanga Não tem sapato nem terno Mas o consolo do pobre É pesar do pai eterno É levar ele pro céu E o rico para o inferno