restaurar

Festa

Luiz Gonzaga

Sol vermelho é bonito de se ver Lua nova no alto, que beleza Céu de azul dem limpinho, é natureza Em visão que tem muito prazer Mas o lindo prá mim é céu cinzento Com clarão entoando o seu refrão Prenúncio que vem trazendo alento Da chegada das chuvas no sertão Ver a terra rachada amolecendo A terra antes pobre enriquecendo O milho pro céu apontando O feijão pelo chão enramando E depois pela safra que alegria Ver o povo todinho no burgão A negrada caindo na folia Esquecendo da mágoas sem ludú Belo é o Recife pegando fogo (bis) Na pisada do maracatu

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.