restaurar

Forró De Mané Vito

Luiz Gonzaga

Álbum: Forro de Mane Vito

Seu delegado, digo a vossa senhoria Eu sou fio de uma famia Que não gosta de fuá Mas tresantontem No forró de Mané Vito Tive que fazer bonito A razão vou lhe explicar Bitola no Ganzá Preá no reco-reco Na sanfona de Zé Marreco Se danaram pra tocar Praqui, prali, pra lá Dançava com Rosinha Quando o Zeca de Sianinha Me proibiu de dançar Seu delegado, sem encrenca eu não brigo Se ninguém bulir comigo Num sou homem pra brigar Mas nessa festa Seu dotô, perdi a carma Tive que pegá nas arma Pois num gosto de apanhar Pra Zeca se assombrar Mandei parar o fole Mas o cabra num é mole Quis partir pra me pegar Puxei do meu punhá Soprei o candieiro Botei tudo pro terreiro Fiz o samba se acabar.

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.