restaurar

Zé Budega

Luiz Gonzaga

Eu vou dá um pulo Na casa de Zé Budega Prá’quele fio de uma égua Me dá minha concertina Que as meninas tão querendo se espalhar No salão escorregar Até ficar de perna fina Vou reclamar Com certeza absoluta Prá’quele fila da .... Ter mais respeito por mim Devolver aquilo que é emprestado Ficar desmoralizado Ter vergonha no fucín Há muito tempo Que escuto a sanfoninha Pelo som eu sei que é minha Mas ele me volte coisa Num me devolve Não me dá satisfação Taca o dedo no botão Etc e coisa e loa Mas desta vez Ele vai morder o nó Vai entrar no meu cipó E de quatro comer capim Devolver aquilo que é emprestado Ficar desmoralizado Ter vergonha no fucín Onde é que tá? Onde é que tá? Onde é que tá? Zé Budega onde é que ta? Vai devolver Aquilo que é emprestado Ficar desmoralizado Mande meu fole pra cá

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.