O Bebum Acabado

Matanza

Que ninguém me cobre atitude, que ninguém me de lição de moral Que ninguém fale da minha saúde, se volta e meia eu passo mal Pois se o maior problema ainda fosse a minha desobediência cristã Já que estou bebendo hoje, só vou parar depois de amanhã Não penso mais sobre a vida, não mais me ocupo com Deus A mim basta a bebida, que serve a todos os problemas meus Se só o conhaque me ouve, farei do chão do bar meu divã Se eu estou bebendo hoje só vou parar depois de amanhã Não me importo com a fama de bebum acabado Não importa o tempo que ainda falta pro fim Soube que sai mais uma vez carregado, e mesmo com a chuva eu dormi no jardim Eu já estou acostumado a ser mal tratado por mim Eu já estou acostumado a ser mal tratado por mim Não faço mais amizades, não quero que saibam de mim Se eu começar a falar sozinho, eu peço que me deixe assim Não sei onde deixei as chaves, eu não sei onde parei a van Se eu chegar em casa hoje, vou acordar depois de amanhã Não me importo com a fama de bebum acabado Não importa o tempo que ainda falta pro fim Soube que sai mais de uma vez carregado, e mesmo com a chuva eu dormi no jardim Eu já estou acostumado a ser mal tratado por mim Eu já estou acostumado a ser mal tratado por mim

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe