restaurar

Esperanças Perdidas

Noite Ilustrada

Compositor:Adeilton Alves E Delcio Carvalho

Quantas belezas deixadas nos cantos da vida Que ninguém quer e nem mesmo procura encontrar E quando os sonhos se tornam esperanças perdidas Que alguém deixou morrer sem nem mesmo tentar E a beleza encontro nos sambas que faço E a tristeza se torna um alegre cantar É que carrego o samba bem dentro do peito Sem a cadência do Samba não posso ficar Não posso ficar, eu juro que não Não posso ficar, eu tenho razão Já fui batizado na roda de bamba O Samba é a corda, eu sou a caçamba (2x) Quantas noites de tristeza ele me consola Tenho como testemunha a minha viola Ai se me faltar o samba não sei que será Sem a cadência do samba não posso ficar Não posso ficar, eu juro que não Não posso ficar, eu tenho razão Já fui batizado na roda de bamba O Samba é a corda, eu sou a caçamba

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.