restaurar

Capitão Romance

Ornatos Violeta

Compositor:Ornatos Violeta

Não vou procurar quem espero Se o que eu quero é navegar Pelo tamanho das ondas Conto não voltar Parto rumo à primavera Que em meu fundo se escondeu Esqueço tudo do que eu sou capaz Hoje o mar sou eu Esperam-me ondas que persistem Nunca param de bater Esperam-me homens que desistem Antes de morrer Por querer mais do que a vida Sou a sombra do que eu sou E ao fim não toquei em nada Do que em mim tocou Eu vi Mas não agarrei Parto rumo à maravilha Rumo à dor que houver pra vir Se eu encontrar uma ilha Paro pra sentir E dar sentido à viagem Pra sentir que eu sou capaz Se o meu peito diz coragem Volto a partir em paz Eu vi Mas não agarrei

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.