Jardim da Comunhão

Os Arrebatados

Sonsa, nojenta, “tá me tirando” Acha que eu sou bobo te venço e vou orando Não tenta me enganar Não vou “entrar na pilha” Serpente malvada, segue tua trilha Ai...que injustiça, só quero te ajudar Come essa frutinha, tua vida vai mudar Não, não quero não! Isso é coisa do cão, minha vida já é outra Eu não sou o velho Adão Chega de lorota, de papo atravessado Minha vida é de Deus Pra você não tem espaço Guardei meu coração No jardim da comunhão “Vaza” serpente comigo não! Ai ui não vou ouvir essa serpente Fuiii Ela quer enganar o meu coração Não vou fazer como Adão não, não Tô no jardim da comunhão com Deus

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe