Mate Amargo

Os Farrapos

Eu gosto do mate amargo, o amargo chimarrão Que bebo com a gauchada ao redor do fogão Levanto de manha cedo, seja no inverno ou verão Pra tomar um mate amargo no aconchego do galpão. Como é gostoso meu mate cevado em cuia trigueira Com bomba de prata antiga e erva mate missioneira Tem o sabor da querência, o perfume das queimadas E o afago da chinoca, orgulho da gauchada. Quem não toma mate amargo é confortante e sem luxo Não pode ser rio-grandense, nem dizer que é gaúcho Tomar mate no rio grande é um culto a tradição Faz parte da nossa historia o amargo chimarrão.

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe