restaurar

Pena De Morte

Pablo E Grupo Arrocha

agente já nn sai pelos motéis a noite pra fazer amor já não durmo agarrado ao teu corpo já não sinto teu calor ainda tomo o mesmo vinho só que agora sozinho acompanhado pela dor me pergunto se o destino foi justo comigo e porque nos separou fui condenado sem direito a defesa,sou réu acompanhado pela dor pena maxima foi dada ao meu coração magoado eu estou é pena de morte,pro meu coração fui condenado a pagar o preço a centecça foi dada eu pelas madrugadas tento fugir mais não te esqueco é pena de morte,não tem solução porque não volta pra mim dar carinho esse é um cado perdido,estou feito bandido sem defesa vai morrer sozinho.

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.