restaurar

Amor Além da Vida

Paula Fernandes

Agora peço o teu perdão, o teu colinho Pra que a gente possa então recomeçar Ó, minha linda, olhe bem pros meus olhinhos Tão rasos d’água de emoção por te encontrar A cada passo que perdi pelas estradas De solidão estou cansado de chorar Mesmo distante não saiu do pensamento Aquele doce do teu mel, do teu beijar Lembro do tempo em que amávamos baixinho Pra não deixar nenhum lençol nos invejar Desde o momento em que nós nos separamos Eu viajei no céu vermelho do penar Agora peço o teu perdão, o teu colinho Pra que a gente possa então recomeçar