Mateando Solito

Porca Véia

Quando a saudade malvada Me invade o coração Dou de mão na velha gaita E acabo com a solidão Aí aí como doí meu coração Aumenta mais a saudade Na hora do chimarrão A saudade é china ingrata Que não perdoa ninguém Com certeza sou mais um Que sente saudade de alguém Aí aí como doí meu coração Aumenta mais a saudade Na hora do chimarrão Quando vem clariando o dia Preparo meu chimarrão Entre uma cuia e outra Vou tapeando a solidão Aí aí como doí meu coração Aumenta mais a saudade Na hora do chimarrão Como é triste companheiro Tenho que matiar sozinho Num rancho quase tapera Sem amor e sem carinho Aí aí como doí meu coração Aumenta mais a saudade Na hora do chimarrão

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe