restaurar

Eu Sou O Rap

Projota

vou te fazer viver, vou te fazer sonhar Vou te fazer querer, vou te fazer lutar Vou te fazer sofrer, vou te fazer chorar Vou te fazer tremer, vou te fazer gritar Fazer sentir que tudo pode ser melhor Fazer sentir que tudo pode ser maior Eu sou o rap, eu sou (4x) Eu sou o sonho de cada moleque em meio ao frio Sou a realidade de cada um que me viu Eu sou o presente e o passado de quem me sentiu Mesmo sem arma sou a verdadeira guerra civil Eu sou o pão pra cada homem que hoje sente fome Eu sou a fome que faz movimentar cada homem Eu sou a esperança de paz da quebrada Eu sou a casa onde a revolução fez a morada Eu sou a alma da raça dita a mais fraca Eu sou o olhar do guerreiro no momento que ataca Eu sou a bondade e o sorriso de cada senhora Eu sou a perseverança de quem fica quando alguém vai embora Na hora que você olhar bem dentro dos meus olhos cê vai ver Um mundo novo, um renascer E agora fica aqui que é seu lugar Se existe luta no seu coração é onde eu vou estar Vou te fazer viver, vou te fazer sonhar Vou te fazer querer, vou te fazer lutar Vou te fazer sofrer, vou te fazer chorar Vou te fazer tremer, vou te fazer gritar Fazer sentir que tudo pode ser melhor Fazer sentir que tudo pode ser maior Eu sou o rap, eu sou (4x) Eu sou o silêncio do luto da humanidade Eu sou o barulho do grito da dignidade Eu sou a morte em cada viela dessa cidade Eu sou a vida em cada favela deixo saudade Sou 4 ou 5 manos que saem do crime Que me utilizam pra empregar no mundo esse regime Sou firme resultante do ódio e do amor contidos Sou regeneração de quem chamavam de bandidos Sou um tapa na sua cara se isso for preciso Se você me usar pro mal eu te derrubo e te piso Se você me quer por interesses profanos Você será cobrado, sim, pelos seus próprios manos Posso te transformar num fracassado ou num herói Vou te bater pra ver se aguenta o quando a vida dói Vou te testar, fazer sofrer por vários meses Mas se me amas não negue meu nome por 3 vezes Vou te fazer viver, vou te fazer sonhar Vou te fazer querer, vou te fazer lutar Vou te fazer sofrer, vou te fazer chorar Vou te fazer tremer, vou te fazer gritar Fazer sentir que tudo pode ser melhor Fazer sentir que tudo pode ser maior Eu sou o rap, eu sou (4x) Eu sou o quilombo dessa nova geração Eu sou seu tombo mas também sou o seu chão Eu sou justiça mas também sou o ladrão Eu sou milícia, eu sou a arma na sua mão Feito um bom pai eu te aconselho filho: "Você tem uma arma e nessa arma existe um gatilho!" Se não conhece as instruções esqueça Pois se não sabe onde mira seu rap atira na própria cabeça Eu sou a tristeza quando vejo um filho desistir Eu sou a mesa onde sua ceia deves repartir Eu sou grande demais pra você ser meu dono Eu sou um reino universal onde não existe trono Eu sou de tudo e sou de todos filho, sem limite Eu sou o futuro do mundo por mais que ele me evite Eu sou de quem me ouve, quem me faz Pra dizer tudo que eu sou precisaria de mais mil raps iguais Vou te fazer viver, vou te fazer sonhar Vou te fazer querer, vou te fazer lutar Vou te fazer sofrer, vou te fazer chorar Vou te fazer tremer, vou te fazer gritar Fazer sentir que tudo pode ser melhor Fazer sentir que tudo pode ser maior Eu sou o rap, eu sou (4x)

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.