A Peleja Não É Tua

Raquel Silva

Josefa temeu, estava com medo Chegava um aviso que lhe tirava o sossego Quem vinha chegando tinha autoridade Era homem terrível, apavorou-se a cidade. Josafa temeu, entrou no jejum. Convidou o povo para humilhação Entrou na igreja, falou com o Senhor. E do altos céus a voz de Deus bradou Josafa a peleja não é tua Parai, estai quieto vede o que vou fazer Josafa nesta guerra, tu não lutas Só mande o povo cantar, e veja como vou guerrear. Convoque o povo pra guerra e mande se preparar Põe os levitas na frente e mande eles cantarem Pela ladeira de ziz é que eu vou aparecer Vou colocar emboscada pro inimigo morrer Ainda hoje tem crente com medo Apavorados, perdendo o sossego. Quem vem chegando, tem autoridade. O inimigo é terrível esta apavorando a cidade Não tenhas medo, entre no jejum. Chame este povo para uma oração Desça na graça, chame o senhor E do alto céu a voz de Deus bradou Servo meu a peleja não é tua Parai, estai quieto, veja o que vou fazer. Servo meu nesta guerra tu não luta, só mande o povo cantar e veja como vou guerrear Convoque o povo pra guerra e mande se preparar Poe os levitas na frente e mande eles cantarem Convoque o povo pra guerra e mande se preparar Poe os cantores na frente e mande eles cantarem Convoque o povo pra guerra e mande se preparar Toda a igreja na frente e mande eles cantarem Convoque o povo pra guerra e mande se preparar Todos os pastores na frente e mande eles cantarem Pela ladeira de ziz é que vou aparecer Vou colocar emboscada pro inimigo morrer Porque se entro na guerra eu faço deixar sinal Ordeno tropas de fogo porque sou general ! A peleja não é tua não, a peleja não é tua A peleja não é tua não, deixe Deus lutar.

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe