Mais Cruel Do Que Nunca

Realidade Cruel

Um Dois Tres, porquinhos de farda, Quando ve os abridor de lata na cara se caga mostrou 157 pra cima e pra baixo de golf GTI e os cara é embassado no pescoço os cordão, no som facção no braço tatuagens lembranças do cadeião voce sabe né Zé, sem massagem pros gambé se não voltá de ré, conhece lucifér doidão tava ganhando vagabundo te cuidando tipo te medindo pa e pum cochichando Ce quer ser alfaiate cuzão seu porra loca inveja no olhar peixe morre pela boca sou pelo certo tava esperando constá minha cota minha cara pra representá meu lugar minha area santa rita minha quebrada um salve pra rapa que não é fã de canalha é nois é nois vamo chega firme chega lindo cerebro tenebroso e proceder de bandido sem fome com paz é tudo que nois sonha dinheiro pras conta abastece a goma e ter um qualquer não de a pé no role com minha esposa e meus filhos no final de semana sem ter uma PT pra disfigurá voce pra sobrar só ausencia do pai como herança la no fundão da penitenciaria pra minha mae ser humilhada na revista na entrada e só sobrá fica na mente imaginando o mundão atrás desse mundo depois de 10 anos O sonho é foda e faz muita mãe chorá muito truta correria se afundá pé-de-breque fede peste espalhada no ar Só Deus pode julgar (2x) Voce que sonhou com mundão bem melhor só que o crime é mais louco e raja sem dó POU POU POU pra cuzão que atrasa é bala na cara sem perdão e só Tensão Tensão de volta em ação alem da expressão o sequestro da mente então Pra denunciá faço nesse vocabulario Som pra chocá só pra quem é revolucionario quem ignora desacredita duvida pode se prepará nossa face intimida não serve familia porque não tem versos de alegria soldado da guerrilha que na tristeza e a agonia no dia a dia não me vendo por patifaria Realidade Cruel devolta representa a firma Furia que vem direto do interior paulista a rima que estremece chega e aterroriza é o som que inflama, playboy que se espanta coragem é meu escudo humildade é minha lança sou sujeito homem na vida ou na morte de espirito nobre, guerrero eu sou forte a sorte é pra quem conta com ela na selva de pedra e cimento o ódio na atmosfera o pé de breque cuzão não se esquece meu sangue ainda ferve firmão por um rap vou com Deus pra guiá pra traça o meu caminho só ele é quem sabe na manhã o meu destino bandido ou doutor, um simples sofredor salvador Jesus Cristo o meu louvor na minha mira uma par de zoião veja só que quer me ver derrubado na pior (refrão) Outro dia na TV veja só olha só ó ó quem é que teve pena teve dó uma criança no meio da calçada com a cara estourada furada de bala ó senti um nó, mas aí fiquei firme, o mundão é loco e mais loco é o crime que chega e raja de HK viatura ou que explode com a granada e transforma em escultura a delegacia ou se pan té o forum com artilharia assassina até os ossos hou é puro panico ce tem que ver na selva de pedra é matar ou morrer chegar chegar como eu cheguei é dificil PJL humilde e agressivo Hou impresivel até pros meus truta de mili ano que me trombam na rua Ihhh fudeu embassou la vem ela, fazendo contraste nas ruas de terra Fecha os óio passa reto porquinho vai que vai, seu lugar é o chiquero sai que sai Os muleque da quebrada de Teneré de 9 na fé cuzão nao é bandido é Quem é quem pra ser mais que Deus a micha caiu que é meu é meu seu é seu então foda-se cada um faz sua parte não vem pagar de whisky ballantines de cão mil grau olhar psicopata na idéia ou na faca, na mão ou na bala de baseado pan, agasalho da nike opala rebaxado, toca cd paine de malandro super click clack bandidão aqui é a favela ladrão só sangue bom eu vou com os malucos que sempre me apoiaram aqui no mundão ou la dentro no ... porque (refrão)

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe