restaurar

Olhar 43

RPM

Álbum: Olhar 43

Seu corpo é o fruto proibido É a chave de todo pecado E da libido, e prum garoto introvertido Como eu é a pura perdição É um lago negro o seu olhar É água turva de beber, se envenenar Nas tuas curvas derrapar, sair da estrada, E morrer no mar... no mar É perigoso o seu sorriso, é um sorriso assim jocoso, Impreciso, diria misterioso, indecifrável, riso de mulher Não sei se é caça ou caçadora, se é Diana ou Afrodite Ou se é Brigitte, Sthefani de Mônaco, Aqui estou inteiro ao seu dispor... Princesinha Pobre de mim, invento rimas assim pra você E um outro vem em cima, e você nem pra me escutar Pois acabou, não vou rimar porra nenhuma Agora vai como sair que eu já não quero nem saber Se vai caber ou vão me censurar... Será? E pra você eu deixo apenas meu olhar 43 Aquele assim meio de lado, já saindo Indo embora, louco por você Que pena Que desperdício!

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.